PPS – Sulfeto de Polifenileno

O PPS, Sulfeto de Polifenileno é um polímero semi-cristalino, plástico de engenharia de elevado desempenho com propriedades mecânicas ( resistência à fluência, rigidez ) e térmicas elevadas e resistência química que torna o PPS a alternativa preferida aos metais e termoendurecíveis.

Fórmula química do Sulfeto de Polifenileno.

PPS (Sulfeto de Polifenileno) está disponível sem cargas , reforçado com fibra de vidro (30-40%), e reforçado com fibrea de vidro junto com carga mineral até 65%.

Propriedades chave do PPS (Sulfeto de Polifenileno):

  • Temperatura de serviço em contínuo até 240°C
  • Resistência térmica a curto prazo até 270°C
  • Comportamento retardador de chama inerente.
  • Resistência química muito elevada (insolúvel em todos os solventes conhecidos abaixo de 200°C).
  • Muito baixa absorção de água.
  • Muito alta resistência à fluência até a temperaturas elevadas.

Testes de fluência mostram que o comportamento de um material sob tensão a longo termo e diferentes condições (e.g. temperaturas elevadas) e ajudam a selecionar o melhor material para componentes sujeitos a tensão contínua/prolongada. O PPS (Sulfeto de Polifenileno) exibe elevada resistência à fluência até a temperaturas elevadas e por isso o PPS é o material de escolha aplicações de elevada exigência.

O Sulfeto de Polifenileno apresenta uma elevada resistência térmica de entre os termoplásticos. Alguns graus de PPS reforçado atingem HDT (Temperatura de deflexão ao calor) de 270°C.

O PPS (Sulfeto de Polifenileno) é um polímero que apresenta comportamento retardador de chama inerente. Significa que o PPS atinge classificação UL 94 V-0 e alguns grades/graus, até 5 VA inclusive sem aditivos retardadores de chama.

As aplicações em PPS mais importantes são:

  • Componentes elétricos e eletrónicos
    • Fichas.
    • Bobinas
    • Conectores multiponto.
    • Relés
    • Disjuntores
  • Componentes automóveis
    • Bombas
    • Válvulas
    • Air intake system parts
    • Juntas
    • Componentes para sistemas de combustível.
  • Componentes para ferramentas
  • Dispositivos cirúrgicos.
  • Aplicações em contacto com água potável (certificados NSF e KTW disponíveis)