TPE – Elastómeros Termoplásticos

TPE é um nome comum para Elastómero Termoplástico,também conhecido como borracha termoplástica .O TPE é um material com comportamento semelhante à borracha que pode ser processado através de tecnologias utilizadas no processamento de termoplásticos tais como, moldação por injeção e extrusão. Os Elastómeros Termoplásticos (TPE) são compostos feitos a partir de um termoplástico rígido como PP,PBT ou PA em combinação com um material suave de borracha, normalmente incorporando aditivos e.g. óleo e cargas.

Por volta do ano de 1960 os materiais termoplásticos básicos eram cada vez mais comuns. Nessa altura compostos de borracha (termoendurecíveis) eram bastante populares no mercado automóvel mas caros, difíceis de processar e de reciclar.

Com novas tendências da moda (cores, toque suave) havia uma procura crescente de um material suave, barato e fácil de produzir. Este crescimento desenvolveu-se na década de setenta quando os TPE começaram a ser produzidos em larga escala.

Atualmente existe uma vasta gama de Elastómeros Termoplásticos (TPE) e.g:

  • TPE-O - Thermoplastic Olefins (co-continues hard/soft blend)
  • TPE-S - Styrenic SBS, SEBS or SEPS Compound
  • TPE-V - Vulcanized PP/EPDM Compound
  • TPE-E - Copolyester compound
  • TPE-U - Thermoplastic Polyurethane
  • TPE-A - Thermoplastic Polyamide

Na atividade diária normalmente o “E” é esquecido e as pessoas referem-se a TPO, TPS, TPV, TPE, TPU e TPA.

Microestrutura TPE-S (elastómeros termoplásticos estirénicos).

Todas as combinações de dureza dos TPE têm propriedades semelhantes à borracha diferenciando-se apenas pela resistência à temperatura, resistência química, flexibilidade e recuperação após compressão (Compression set).

As desvantagens dos TPE comparativamente à borracha convencional são as propriedades inferiores. Os TPE possuem mais baixa resistência à temperatura, resistência química e pior recuperação após compressão (compression set) .

As maiores vantagens dos Elastómeros Termoplásticos incluem o fácil processamento (custo de energia mais baixo vs termoendurecíveis) via técnicas convencionais e.g. moldação por injeção, extrusão, termoformação, moldação sopro e outras. Os TPE podem ser facilmente coloridos e sobremoldados com boa adesão em vários termoplásticos.

Os TPE são produzidos por muitos compounders tais como a Enplast e Ravago (Ensoft, Enflex, Sconablend), Kraiburg, Tecknor Apex, AES, Elasto, Softer com marcas como, Dryflex, Sarlink, Monprene, Santoprene, Laprene and Forprene. Existem também numerosos pequenos compounders ativos em regiões específicas.

Os produtores de petroquímicos também estão envolvidos em famílias específicas de TPE e.g. DSM com Arnitel TPE-E, Celanese com Riteflex (TPE-E), DuPont com Hytrel (TPE-E), Arkema com Pebax (TPA) e Dow com Engage (TPO).

Aplicações típicas de Elastómeros Termoplásticos (TPE) são:

  • Zonas de componentes com toque suave, lápis, escova de dentes, lâminas de barbear.
  • Vedante para janelas de automóveis, tapetes para automóvel, coberturas de air bag, coberturas de painéis de instrumentos.
  • Revestimento de cabos.
  • Equipamentos desportivos.
  • Membranas de cobertura
  • Brinquedos.